O que é Chi Kung?

Chi Kung, quer dizer treinamento da energia vital, é uma arte específico de China, utilizado para sustentar o físico sendo além disso considerado um capítulo da medicina desta cultura. Sua função principal é a harmonização do sistema nervoso central.

Quando se está nervoso esta prática leva à calma e contra partida também pode estimular é sistema nervoso se fora necessário. Por isso, ao treinar Chi Kung a pessoa torna-se capaz de manter o controle e acalmar-se.
Chi Kung
Nosso organismo é complexo e no seu ciclo vital atua interrumpidamente, nossos órgãos internos trabalham e mantêm permanente interação com o meio ambiente, no processo de respirar ou da circulação sanguínea podemos apreciar este princípio e todos os movimentos de nosso corpo se baseiam nele, a esta intenção é que os chineses chamam CHI.

O fim perseguido ao exercitar o Chi Kung é o de aumentar a expansão da circulação do sangue, ajudando assim ao processo de revitalização e gerar um equilíbrio interno, que como conseqüência melhorará também as funções respiratórias e digestivas, definitivamente cultiva a boa saúde.

Para compreender este princípio comparemos nosso corpo com uma máquina, esta necessita de manutenção constante para prolongar sua vida últil, da mesma forma uma pessoa que treina Chi Kung o que faz é renovar constantemente sua saúde.
Com este treinamento se desenvolve a energia, melhorando a saúde, além de fortalecer tendões e dar paz à mente.

Existem vários tipos de Chi Kung no mundo, todos eles originados na China, mas cerca esclarecer que apesar de ser muito eficiente não deve praticar sem a orientação de um professor que se encontre autorizado a ensiná-lo, pois poderia tornar-se perigoso para nossa saúde.

Publicidade

Leia Também

No related posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>